O ConsultórioFonoaudiologiaServiçosArtigos

HomeA ProfissionalConvêniosLinks ÚteisContatos
Rio de Janeiro,   

Acompanhe nossas atualizações através do Facebook.   Ckique aqui para acompanhar nossas postagens no Facebook.

 

Retorno

 Patologias  trabalhadas pela fonoaudiologia

 

Partindo do CID 10, estaríamos apresentando uma lista de patologias mais atualizadas e não incorreríamos no erro de esquecer algumas muito importantes. Aqui podemos encontrar patologias trabalhadas pela área de audiologia, pelas áreas escolares e pela fonoaudiologia hospitalar.

Esperamos estar trazendo um pouco mais de conhecimento para todos que buscam a fonoaudiologia como opção de tratamento, um pouco mais de esclarecimento e mais uma vez desfazer o estigma  de que fonoaudiologia é para quem fala errado.

As patologias foram subdivididas por profissionais que elaboraram o CIDS 10 em áreas mais globais.

Vamos a elas:

 

TRANSTORNOS MENTAIS E COMPORTAMENTAIS

Outros transtornos mentais devidos à lesão e disfunção cerebral e a doença física

 

Transtorno cognitivo leve

Transtorno caracterizado por uma alteração da memória, por dificuldades de aprendizado e por uma redução da capacidade de concentrar-se numa tarefa além de breves períodos.

 

Transtornos dissociativos [de conversão]
 

Transtornos dissociativos do movimento

As variedades mais comuns destes transtornos são a perda da capacidade de mover uma parte ou a totalidade do membro ou dos membros. Pode haver semelhança estreita com quaisquer variedades de ataxia, apraxia, acinesia, afonia, disartria, discinesia, convulsões ou paralisia.

Afonia psicogênica

Disfonia psicogênica

 

Anestesia e perda sensorial dissociativas

Surdez psicogênica 

 

Transtornos somatoformes

A característica essencial diz respeito à presença repetida de sintomas físicos associados à busca persistente de assistência médica, apesar de que os médicos nada encontram de anormal e afirmam que os sintomas não têm nenhuma base orgânica. Se quaisquer transtornos físicos estão presentes, eles não explicam nem a natureza e a extensão dos sintomas, nem o sofrimento e as preocupações do sujeito.

 

Outros transtornos somatoformes

Todos os outros transtornos das sensações, das funções e do comportamento, não devidos a um transtorno físico que não estão sob a influência do sistema neurovegetativo, que se relacionam a sistemas ou a partes do corpo específicos, e que ocorrem em relação temporal estreita com eventos ou problemas estressantes.

Disfagia psicogênica, incluindo "bolo histérico"

Ranger de dentes

 

Transtornos da alimentação

 

Transtorno de alimentação não especificado

 

Retardo mental leve

Amplitude aproximada do QI entre 50 e 69 (em adultos, idade mental de 9 a menos de 12 anos). Provavelmente devem ocorrer dificuldades de aprendizado na escola. Muitos adultos serão capazes de trabalhar e de manter relacionamento social satisfatório e de contribuir para a sociedade.

Inclui:

atraso mental leve

debilidade mental

fraqueza mental

oligofrenia leve

subnormalidade mental leve

 

Retardo mental não especificado

Inclui:

deficiência mental SOE

oligofrenia SOE

subnormalidade mental SOE

 

Transtornos específicos do desenvolvimento da fala e da linguagem

Transtornos nos quais as modalidades normais de aquisição da linguagem estão comprometidos desde os primeiros estádios do desenvolvimento. Não são diretamente atribuíveis a anomalias neurológicas, anomalias anatômicas do aparelho fonador, comprometimentos sensoriais, retardo mental ou a fatores ambientais. Os transtornos específicos do desenvolvimento da fala e da linguagem se acompanham com freqüência de problemas associados, tais como dificuldades da leitura e da soletração, perturbação das relações interpessoais, transtornos emocionais e transtornos comportamentais.

 

Transtorno específico da articulação da fala

Transtorno específico do desenvolvimento na qual a utilização dos fonemas pela criança é inferior ao nível correspondente à sua idade mental, mas no qual o nível de aptidão lingüística é normal.

Dislalia

Lalação

Transtorno (do):

·desenvolvimento (da):

·articulação (da fala)

·de comunicação fonológica

·funcional de articulação da fala

 

Transtorno expressivo de linguagem

Transtorno específico do desenvolvimento no qual as capacidades da criança de utilizar a linguagem oral são nitidamente inferiores ao nível correspondente à sua idade mental, mas no qual a compreensão da linguagem se situa nos limites normais. O transtorno pode se acompanhar de uma perturbação da articulação.

Disfasia ou afasia de desenvolvimento do tipo expressivo

 

Transtorno receptivo da linguagem

Transtorno específico do desenvolvimento no qual a capacidade de compreensão da linguagem pela criança está abaixo do nível correspondente à sua idade mental. Em quase todos os casos, a linguagem expressiva estará também marcadamente prejudicada e são comuns anormalidades na articulação.

Agnosia auditiva congênita

Surdez verbal

Transtorno de desenvolvimento (do tipo):

·afasia de Wernicke

·afasia ou disfasia de compreensão (receptiva)

 

Afasia adquirida com epilepsia [síndrome de Landau-Kleffner]

Transtorno no qual a criança, tendo feito anteriormente progresso normal no desenvolvimento da linguagem, perde tanto a habilidade de linguagem receptiva quanto expressiva, mas mantém uma inteligência normal; a ocorrência do transtorno é acompanhada de anormalidades paroxísticas no EEG, e na maioria dos casos há também convulsões epilépticas. Usualmente o início se dá entre os três e os sete anos, sendo que as habilidades são perdidas no espaço de dias ou de semanas. A associação temporal entre o início das convulsões e a perda de linguagem é variável com uma precedendo a outra (ou inversamente) por alguns meses a dois anos. Tem sido sugerido como possível causa deste transtorno um processo inflamatório encefalítico. Cerca de dois terços dos pacientes permanecem com um déficit mais ou menos grave da linguagem receptiva.

Transtornos mais ligados a área escolar:
 

Outros transtornos de desenvolvimento da fala ou da linguagem

Balbucio

 

Transtorno não especificado do desenvolvimento da fala ou da linguagem

Transtorno de linguagem SOE 

 

Transtornos específicos do desenvolvimento das habilidades escolares

Transtornos nos quais as modalidades habituais de aprendizado estão alteradas desde as primeiras etapas do desenvolvimento. O comprometimento não é somente a conseqüência da falta de oportunidade de aprendizagem ou de um retardo mental, e ele não é devido a um traumatismo ou doença cerebrais.

 

Transtorno específico de leitura

A característica essencial é um comprometimento específico e significativo do desenvolvimento das habilidades da leitura, não atribuível exclusivamente à idade mental, a transtornos de acuidade visual ou escolarização inadequada. A capacidade de compreensão da leitura, o reconhecimento das palavras, a leitura oral, e o desempenho de tarefas que necessitam da leitura podem estar todas comprometidas. O transtorno específico da leitura se acompanha freqüentemente de dificuldades de soletração, persistindo comumente na adolescência, mesmo quando a criança haja feito alguns progressos na leitura. As crianças que apresentam um transtorno específico da leitura têm freqüentemente antecedentes de transtornos da fala ou de linguagem. O transtorno se acompanha comumente de transtorno emocional e de transtorno do comportamento durante a escolarização.

Dislexia de desenvolvimento

Leitura especular

Retardo específico da leitura

 

Transtorno específico da soletração

A característica essencial é uma alteração específica e significativa do desenvolvimento da habilidade para soletrar, na ausência de antecedentes de um transtorno específico de leitura, e não atribuível à baixa idade mental, transtornos de acuidade visual ou escolarização inadequada. A capacidade de soletrar oralmente e a capacidade de escrever corretamente as palavras estão ambas afetadas.

Retardo específico da soletração (sem transtorno da leitura)
 

Transtorno específico  da habilidade em aritmética

Transtorno que implica uma alteração específica da habilidade em aritmética, não atribuível exclusivamente a um retardo mental global ou à escolarização inadequada. O déficit concerne ao domínio de habilidades computacionais básicas de adição, subtração, multiplicação e divisão mais do que as habilidades matemáticas abstratas envolvidas na álgebra, trigonometria, geometria ou cálculo.

Acalculia de desenvolvimento

Discalculia

Síndrome de Gerstmann de desenvolvimento

Transtorno de desenvolvimento do tipo acalculia

 

Transtorno misto de habilidades escolares

Categoria residual mal definida de transtornos nos quais existe tanto uma alteração significativa do cálculo quanto da leitura ou da ortografia, não atribuíveis exclusivamente a retardo mental global ou à escolarização inadequada. Deve ser utilizada para transtornos que satisfazem aos critérios tanto de F81.2 quanto aos de F81.0 ou F81.1.

 

Outros transtornos do desenvolvimento das habilidades escolares

Transtorno de desenvolvimento da expressão escrita

 

Transtorno não especificado do desenvolvimento das habilidades escolares

Incapacidade (de):

 aprendizagem SOE

 aquisição de conhecimentos SOE

 

Transtorno específico do desenvolvimento motor

A característica essencial é um comprometimento grave do desenvolvimento da coordenação motora, não atribuível exclusivamente a um retardo mental global ou a uma afecção neurológica específica, congênita ou adquirida. Na maioria dos casos, um exame clínico detalhado permite sempre evidenciar sinais que evidenciam imaturidade acentuada do desenvolvimento neurológico, por exemplo movimentos coreiformes dos membros, sincinesias e outros sinais motores associados; assim como perturbações da coordenação motora fina e grosseira.

Debilidade motora da criança

Síndrome da "criança desajeitada"

Transtorno (da) (do):

·aquisição da coordenação

·desenvolvimento do tipo dispraxia

 

Transtornos específicos mistos do desenvolvimento

Categoria residual de transtornos nos quais existem ao mesmo tempo sinais de um transtorno específico do desenvolvimento da fala e da linguagem, das habilidades escolares, e das funções motoras, mas sem que nenhum destes elementos predomine suficientemente para constituir o diagnóstico principal. Esta categoria mista deve estar reservada aos casos onde existe uma superposição importante dos transtornos específicos do desenvolvimento citados anteriormente. Os transtornos mistos se acompanham habitualmente, mas sem sempre, de um certo grau de alteração das funções cognitivas. Esta categoria deve assim ser utilizada para transtornos que satisfazem aos critérios de ao menos duas das categorias F80.-, F81.- e F82 Grupo de transtornos caracterizados por alterações qualitativas das interações sociais recíprocas e modalidades de comunicação e por um repertório de interesses e atividades restrito, estereotipado e repetitivo. Estas anomalias qualitativas constituem uma característica global do funcionamento do sujeito, em todas as ocasiões.

 

Transtornos globais do desenvolvimento

 

Autismo infantil

Transtorno global do desenvolvimento caracterizado por a) um desenvolvimento anormal ou alterado, manifestado antes da idade de três anos, e b) apresentando uma perturbação característica do funcionamento em cada um dos três domínios seguintes: interações sociais, comunicação, comportamento focalizado e repetitivo. Além disso, o transtorno se acompanha comumente de numerosas outras manifestações inespecíficas, por exemplo fobias, perturbações de sono ou da alimentação, crises de birra ou agressividade (auto-agressividade).

Autismo infantil

Psicose

Síndrome de Kanner

Transtorno autístico

 

Autismo atípico

Transtorno global do desenvolvimento, ocorrendo após a idade de três anos ou que não responde a todos os três grupos de critérios diagnósticos do autismo infantil. Esta categoria deve ser utilizada para classificar um desenvolvimento anormal ou alterado, aparecendo após a idade de três anos, e não apresentando manifestações patológicas suficientes em um ou dois dos três domínios psicopatológicos (interações sociais recíprocas, comunicação, comportamentos limitados, estereotipados ou repetitivos) implicados no autismo infantil; existem sempre anomalias características em um ou em vários destes domínios. O autismo atípico ocorre habitualmente em crianças que apresentam um retardo mental profundo ou um transtorno específico grave do desenvolvimento de linguagem do tipo receptivo.

Psicose infantil atípica

Retardo mental com características autísticas

 

Síndrome de Rett

Transtorno descrito até o momento unicamente em meninas, caracterizado por um desenvolvimento inicial aparentemente normal, seguido de uma perda parcial ou completa de linguagem, da marcha e do uso das mãos, associado a um retardo do desenvolvimento craniano e ocorrendo habitualmente entre 7 e 24 meses. A perda dos movimentos propositais das mãos, a torção estereotipada das mãos e a hiperventilação são características deste transtorno. O desenvolvimento social e o desenvolvimento lúdico estão detidos enquanto o interesse social continua em geral conservado. A partir da idade de quatro anos manifesta-se uma ataxia do tronco e uma apraxia, seguidas freqüentemente por movimentos coreoatetósicos. O transtorno leva quase sempre a um retardo mental grave.

 

Outro transtorno desintegrativo da infância

Transtorno global do desenvolvimento caracterizado pela presença de um período de desenvolvimento completamente normal antes da ocorrência do transtorno, sendo que este período é seguido de uma perda manifesta das habilidades anteriormente adquiridas em vários domínios do desenvolvimento no período de alguns meses. Estas manifestações se acompanham tipicamente de uma perda global do interesse com relação ao ambiente, condutas motoras estereotipadas, repetitivas e maneirismos e de uma alteração do tipo autístico da interação social e da comunicação. Em alguns casos, a ocorrência do transtorno pode ser relacionada com uma encefalopatia; o diagnóstico, contudo, deve tomar por base as evidências de anomalias do comportamento.

Demência infantil

Psicose:

Desintegrativa

simbiótica

Síndrome de Heller 

 

Transtorno com hipercinesia associada a retardo mental e a movimentos estereotipados

Transtorno mal definido cuja validade nosológica permanece incerta. Esta categoria se relaciona a crianças com retardo mental grave (QI abaixo de 35) associado à hiperatividade importante, grande perturbação da atenção e comportamentos estereotipados. Os medicamentos estimulantes são habitualmente ineficazes (diferentemente daquelas com QI dentro dos limites normais) e podem provocar uma reação disfórica grave (acompanhada por vezes de um retardo psicomotor). Na adolescência, a hiperatividade dá lugar em geral a uma hipoatividade (o que não é habitualmente o caso de crianças hipercinéticas de inteligência normal). Esta síndrome se acompanha, além disto, com freqüência, de diversos retardos do desenvolvimento, específicos ou globais. Não se sabe em que medida a síndrome comportamental é a conseqüência do retardo mental ou de uma lesão cerebral orgânica.

 

Síndrome de Asperger

Transtorno de validade nosológica incerta, caracterizado por uma alteração qualitativa das interações sociais recíprocas, semelhante à observada no autismo, com um repertório de interesses e atividades restrito, estereotipado e repetitivo. Ele se diferencia do autismo essencialmente pelo fato de que não se acompanha de um retardo ou de uma deficiência de linguagem ou do desenvolvimento cognitivo. Os sujeitos que apresentam este transtorno são em geral muito desajeitados. As anomalias persistem freqüentemente na adolescência e idade adulta. O transtorno se acompanha por vezes de episódios psicóticos no início da idade adulta.

Psicopatia autística

Transtorno esquizóide da infância

 

Outros transtornos globais do desenvolvimento

 

Transtornos globais não especificados do desenvolvimento

 

Transtornos hipercinéticos

Grupo de transtornos caracterizados por início precoce (habitualmente durante os cinco primeiros anos de vida), falta de perseverança nas atividades que exigem um envolvimento cognitivo, e uma tendência a passar de uma atividade a outra sem acabar nenhuma, associadas a uma atividade global desorganizada, incoordenada e excessiva. Os transtornos podem se acompanhar de outras anomalias. As crianças hipercinéticas são freqüentemente imprudentes e impulsivas, sujeitas a acidentes e incorrem em problemas disciplinares mais por infrações não premeditadas de regras que por desafio deliberado. Suas relações com os adultos são freqüentemente marcadas por uma ausência de inibição social, com falta de cautela e reserva normais. São impopulares com as outras crianças e podem se tornar isoladas socialmente. Estes transtornos se acompanham freqüentemente de um déficit cognitivo e de um retardo específico do desenvolvimento da motricidade e da linguagem. As complicações secundárias incluem um comportamento dissocial e uma perda de auto-estima.

 

F90.0 Distúrbios da atividade e da atenção

Síndrome de déficit da atenção com hiperatividade

Transtorno de déficit da atenção com hiperatividade

Transtorno de hiperatividade e déficit da atenção

 

Transtorno hipercinético de conduta

Transtorno hipercinético associado a transtorno de conduta

 

Outros transtornos hipercinéticos

 

Transtorno hipercinético não especificado

Reação hipercinética da infância ou da adolescência SOE

Síndrome hipercinética SOE

 

Transtornos do funcionamento social com início especificamente durante a infância ou a adolescência

 

Mutismo eletivo

Transtorno caracterizado por uma recusa, ligada a fatores emocionais, de falar em certas situações determinadas. A criança é capaz de falar em certas situações, mas recusa-se a falar em outras determinadas situações. O transtorno se acompanha habitualmente de uma acentuação nítida de certos traços de personalidade, como por exemplo ansiedade social, retraimento social, sensibilidade social ou oposição social.

Mutismo seletivo

 
Tiques

Grupo de síndromes, caracterizadas pela presença evidente de um tique. Um tique é um movimento motor (ou uma vocalização) involuntário, rápido, recorrente e não-rítmico (implicando habitualmente grupos musculares determinados), ocorrendo bruscamente e sem finalidade aparente. Os tiques são habitualmente sentidos como irreprimíveis, mas podem em geral ser suprimidos durante um período de tempo variável. São freqüentemente exacerbados pelo "stress" e desaparecem durante o sono. Os tiques motores simples mais comuns incluem o piscar dos olhos, movimentos bruscos do pescoço, levantar os ombros e fazer caretas. Os tiques vocais simples mais comuns comportam a limpeza da garganta, latidos, fungar e assobiar. Os tiques motores complexos mais comuns incluem se bater, saltar e saltitar. Os tiques vocais complexos mais comuns se relacionam à repetição de palavras determinadas, às vezes com o emprego de palavras socialmente reprovadas, freqüentemente obscenas (coprolalia) e a repetição de seus próprios sons ou palavras (palilalia).

 

Tique motor ou vocal crônico

Transtorno que responde aos critérios de um tique, caracterizado pela presença que de tiques motores, quer de tiques vocais mas não os dois ao mesmo tempo. Pode-se tratar de um tique isolado, ou mais freqüentemente, de tiques múltiplos, persistindo durante mais de um ano.

 

Tiques vocais e motores múltiplos combinados [doença de Gilles de la Tourette]

Transtorno caracterizado em um momento qualquer durante o curso da doença por tiques motores múltiplos e um ou mais tiques vocais, não necessariamente simultâneos. O transtorno se agrava habitualmente durante a adolescência e persiste freqüentemente na idade adulta. Os tiques vocais são freqüentemente múltiplos, com vocalizações, limpeza da garganta e grunhidos repetidos e explosivos, e por vezes, emissão de palavras ou frases obscenas, associadas em certos casos a uma ecopraxia gestual que pode ser igualmente obscena (copropraxia).

 

Outros transtornos comportamentais e emocionais com início habitualmente durante a infância ou a adolescência

 

Transtorno de alimentação na infância

Transtorno de alimentação com manifestações diversas geralmente específicas da criança muito jovem e do início da infância. Leva geralmente à recusa de alimentos e a uma seletividade extrema, embora os alimentos sejam de qualidade razoáveis, que os cuidados sejam dados por uma pessoa competente, e que não haja doença orgânica. A ruminação (regurgitação repetida sem náusea nem transtorno gastrointestinal) pode estar associada.

Transtorno de ruminação da criança

 

Gagueira [tartamudez]

A gagueira é caracterizada por repetições ou prolongamentos freqüentes de sons, de sílabas ou de palavras, ou por hesitações ou pausas freqüentes que perturbam a fluência verbal. Só se considera como transtorno caso a intensidade de perturbação incapacite de modo marcante a fluidez da fala.

 

Linguagem precipitada

A linguagem precipitada é caracterizada por um débito verbal anormalmente rápido e um ritmo irregular (sem repetições nem hesitações), suficientemente intenso para tornar difícil a inteligibilidade. A linguagem é irregular e mal ritmada, consistindo em emissões verbais rápidas com formas sintáticas errôneas.

 

Outros transtornos comportamentais e emocionais especificados com início habitualmente na infância ou adolescência

Comer unhas

Déficit de atenção sem hiperatividade

Sucção do polegar 

 

DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO               

 

                Doenças inflamatórias do SNC

 

Atrofias sistêmicas que afetam principalmente o SNC 

Doenças extrapiramidais e transtornos dos movimentos

 

Outras doenças degenerativas do sistema nervoso

 

Outras doenças degenerativas do sistema nervoso não classificadas em outra parte

 

Atrofia cerebral circunscrita

Afasia isolada progressiva

Doença de Pick

 

Doenças desmielinizantes do SNC

 

Acidentes vasculares cerebrais isquêmicos transitórios e síndromes correlatas

 

Transtornos do nervo facial

Inclui:

transtornos do sétimo par craniano

 

Paralisia de Bell

Paralisia facial
 

Transtornos de outros nervos cranianos
 

Transtornos do nervo glossofaríngeo

Nevralgia do glossofaríngeo

Transtorno do nono par craniano

 

Transtornos do nervo vago

Transtorno do nervo pneumogástrico [décimo par craniano]
 

Transtornos do nervo hipoglosso

Transtornos do décimo segundo par craniano
 

Neuropatia hereditária e idiopática

 

Miastenia gravis

 

Transtornos primários dos músculos

Paralisia cerebral e outras síndromes paralíticas
 

Outros transtornos do sistema nervoso

 

DOENÇAS DO OUVIDO E DA APÓFISE MASTÓIDE

Estas doenças estão ligadas a área de otorrinolaringologia

Outros transtornos do ouvido externo
 

Cerume impactado

Cera no ouvido

Rolha de Cerume 
 

Doenças do ouvido médio e da mastóide

Outros transtornos da trompa de Eustáquio

 

Doenças do ouvido interno

 

Transtornos da função vestibular
 

4 Vertigem de origem central

Nistagmo postural de origem central

 

Outros transtornos da função vestibular

 

Outros transtornos do ouvido interno

 

Efeitos do ruído sobre o ouvido interno

Perda de audição induzida pelo barulho

Trauma acústico

Outros transtornos do ouvido

 

Perda de audição por transtorno de condução e/ou neuro-sensorial

Inclui:

surdez congênita

Exclui:

perda da audição:

SOE (H91.9)

induzida pelo ruído (H83.3)

ototóxica (H91.0)

súbita (idiopática) (H91.2)

surdez SOE (H91.9)

surdo-mudez NCOP (H91.3)

 

Perda de audição bilateral devida a transtorno de condução 

Perda de audição unilateral por transtorno de condução, sem restrição de audição contralateral 

Perda não especificada de audição devida a transtorno de condução

Surdez de condução SOE

 

Perda de audição bilateral neuro-sensorial 

Perda de audição unilateral neuro-sensorial, sem restrição de audição contralateral

Perda de audição neuro-sensorial não especificada

Perda de audição: central; de percepção; nervosa e sensorial

Surdez congênita SOE

Surdez neuro-sensorial SOE
 

Perda de audição bilateral mista, de condução e neuro-sensorial 

Perda de audição unilateral mista, de condução e neuro-sensorial, sem restrição de audição contralateral 

Perda de audição mista, de condução e neuro-sensorial, não especificada

 

H91- Outras perdas de audição

 

H91.0 Perda de audição ototóxica

Usar código adicional para causa externa (Capítulo XX), se necessário, para identificar o agente tóxico.

 

Presbiacusia
 

Perda de audição súbita idiopática

Perda de audição súbita SOE

 

Surdo-mudez não classificada em outra parte 

Outras perdas de audição especificadas
 

Perda não especificada de audição

Surdez (de):

SOE

alta freqüência

baixa freqüência 

 

Transtornos degenerativos e vasculares do ouvido

Surdez transitória devida à isquemia

 

Outras percepções auditivas anormais

Alteração temporária do limiar auditivo

Comprometimento da discriminação auditiva

Diplacusia

Hiperacusia

 

Transtornos do nervo acústico

Transtorno do oitavo par craniano

 

Outros transtornos especificados do ouvido
 

Tinnitus 

Transtorno não especificado do ouvido

 

DOENÇAS DO APARELHO RESPIRATÓRIO

 

Outras doenças das vias aéreas superiores

 

Doenças das cordas vocais e da laringe, não classificadas em outra parte

 

Paralisia das cordas vocais e da laringe

Laringoplegia

Paralisia da glote

 

Pólipo das ppvv e da laringe

 

Nódulos das ppvv

cantores

professores

 

Outras doenças das cordas vocais

 

Edema da laringe
 

Espasmo da laringe

Laringismo (estriduloso)

  

 

DOENÇAS DO APARELHO DIGESTIVO

  

Doenças da cavidade oral, das glândulas salivares e dos maxilares 

Anomalias dentofaciais (inclusive a má oclusão)

 

Anomalias importantes (major) do tamanho da mandíbula

Hiperplasia, hipoplasia:

mandibular

maxilar

Macrognatismo (mandibular) (maxilar)

Micrognatismo (mandibular) (maxilar)

 

Anomalias da relação entre a mandíbula com a base do crânio

Assimetria da mandíbula

Prognatismo (mandibular) (maxilar)

Retrognatismo (mandibular) (maxilar)

 

Anomalias da relação entre as arcadas dentárias

Anteposição (horizontal) - excessiva dos dentes superiores em relação aos inferiores

Superposição (vertical)

Desvio da arcada dentária (para fora da linha média)

Disto-oclusão

Mésio-oclusão

Mordida:

aberta (anterior) (posterior)

cruzada (anterior) (posterior)

Oclusão lingual posterior dos dentes inferiores

Sobremordida (excessiva):

horizontal

profunda

vertical

Transpasse horizontal ou "overjet"

 

K07.3 Anomalias da posição dos dentes

Apinhamento

Deslocamento

Diastema

Espaçamento anormal de dentes

Luxação

Rotação

Transposição

Dentes impactados em posição anormal ou dos adjacentes

 

Má oclusão, não especificada 

Anormalidades dentofaciais funcionais
 

Fechamento anormal dos maxilares

Má oclusão devida a:

·deglutição anormal

·hábitos labiais, linguais ou chupar os dedos

·respiração pela boca
 

Transtornos da articulação temporomandibular

Desarranjo da articulação temporomandibular

Mandíbula estalante

Síndrome ou complexo de Costen

Síndrome da dor e disfunção da articulação temporomandibular

 

Outras anomalias dentofaciais

 

Anomalia dentofacial, sem outra especificação

 

Doenças da língua 
 

Glossite

Abcesso da língua

Ulceração traumática 

 

Língua geográfica

Glossite:

areata exfoliativa

migratória benigna

 

Hipertrofia das papilas linguais

Hipertrofia das papilas foliáceas

Língua:

negra:

pilosa

vilosa

saburrosa
 

Língua escrotal

Língua:

fissurada

gretada

sulcada
 

Outras doenças da língua

Atrofia da língua

Hipertrofia

Língua crenada

Macroglossia
 

Doença da língua, sem outra especificação

Glossopatia SOE
 

Doenças do esôfago, do estômago e do duodeno 

Doença de refluxo gastroesofágico 

Doença de refluxo gastroesofágico com esofagite

Esofagite de refluxo

 

ALGUMAS AFECÇÕES ORIGINADAS NO PERÍODO PERINATAL

(P00 a P96)

 

Outros transtornos originados no período perinatal

 

Regurgitação e ruminação no recém-nascido 

Alimentação vagarosa do recém-nascido 

Dificuldade neonatal na amamentação no peito

Outros problemas de alimentação do recém-nascido 

Problema não especificado de alimentação do recém-nascido

 

MALFORMAÇÕES CONGÊNITAS, DEFORMIDADES E ANOMALIAS CROMOSSÔMICAS

  

Malformações congênitas do ouvido causando comprometimento da audição 

Ausência congênita ao pavilhão auricular (orelha) 

Ausência, atresia e estreitamento congênitos do conduto auditivo (externo) e atresia ou estreitamento do meato ósseo

 

Ausência da trompa de Eustáquio

 

Outras malformações ao ouvido médio

 

Malformação congênita do ouvido, não especificada, causando comprometimento da audição
 

Outras malformações congênitas da face e do pescoço
 

Malformações congênitas do nariz

 

Fissura, entalhe ou fenda nasal

 

Malformações congênitas da laringe 

Fenda labial e fenda palatina 

Fenda palatina

Inclui:

fissura palatina

palatosquise
 

Fenda unilateral do palato duro
 
Fenda unilateral do palato mole
 

Fenda unilateral dos palatos duro e mole 

Fenda da úvula 

Fenda palatina não especificada

Palato fendido SOE
 

Fenda labial

Inclui:

fissura congênita do lábio

lábio leporino

queilosquise

 

Fenda labial bilateral 

Fenda labial mediana 

Fenda labial unilateral

Fenda labial SOE
 

Fenda labial com fenda palatina 

Fenda do palato duro com fenda labial bilateral 

Fenda do palato duro com fenda labial unilateral

Fenda do palato duro com fenda labial SOE

 

Fenda do palato mole com fenda labial bilateral 

Fenda do palato mole com fenda labial unilateral

Fenda do palato mole com fenda labial SOE
 

Fenda dos palatos duro e mole com fenda labial bilateral 

Fenda dos palatos duro e mole com fenda labial unilateral

Fenda dos palatos duro e mole com fenda labial SOE
 

Fenda do palato com fenda labial bilateral, não especificada 

Fenda do palato com fenda labial unilateral, não especificada

Fenda palatina com fenda labial SOE

 

Outras malformações congênitas do aparelho digestivo 

Outras malformações congênitas da língua, da boca e da Faringe

 

Malformações congênitas dos lábios, não classificadas em outra parte

Fístula congênita do lábio

Malformação labial congênita SOE

Síndrome de Van der Woude

Anquiloglossia                     Língua presa

 

Macroglossia

 

Outras malformações congênitas da língua

Malformação SOE

Fissura congênita da língua

Aderência

Aglossia

Hipoglossia

Hipoplasia da língua

Língua bífida

Microglossia

 

Malformações congênitas do palato não classificadas em outra parte

Ausência da úvula

Malformação congênita do palato SOE

Palato em ogiva

 

Anomalias cromossômicas não classificadas em outra parte

 

Síndrome de Down

Síndrome de Edwards e Síndrome de Patau 

 

 

SINTOMAS, SINAIS E ACHADOS ANORMAIS DE EXAMES CLÍNICOS E DE LABORATÓRIO, NÃO CLASSIFICADOS EM OUTRA PARTE

 

Anormalidades da respiração

Respiração pela boca

Roncos noturnos

Sintomas e sinais relativos ao aparelho digestivo e ao abdomem

 

Disfagia

Dificuldade de deglutição

 

Sintomas e sinais relativos aos sistemas nervoso e osteomuscular 

Outros distúrbios da coordenação 

Outros distúrbios da coordenação e os não especificados 
 

Sintomas e sinais relativos à cognição, à percepção, ao estado emocional e ao comportamento 

Outros sintomas e sinais relativos à função cognitiva e à consciência

Amnésia anterógrada 

Amnésia retrógrada 

Distúrbios do olfato e do paladar 

Anosmia 

Parosmia 

Parageusia

 

Outros distúrbios do olfato e do paladar e os não especificados

Distúrbio misto do olfato e do paladar 

 

 

Sintomas e sinais relativos à aparência e ao comportamento

 

Hiperatividade

 

Sintomas e sinais relativos à fala e à voz 

Distúrbios da fala não classificados em outra parte 
 

Disfasia e afasia 

Disartria e anartria

 

Outros distúrbios da fala e os não especificados

 

Dislexia e outras disfunções simbólicas, não classificadas em outra parte

 

Dislexia e alexia 

Agnosia 

Apraxia
 

Outras disfunções simbólicas e as não especificadas

Acalculia

Agrafia 

 
Distúrbios da voz

Disfonia

Rouquidão

 

Afonia

Perda da voz

Hipernasalidade e hiponasalidade

 

Outros distúrbios da voz e os não especificados

Mudança de voz SOE
 

Sintomas e sinais relativos a ingestão de alimentos e líquidos 

Dificuldades de alimentação e erros na administração de alimentos 

Outros sintomas e sinais relativos a ingestão de alimentos e de líquidos 

 

LESÕES, ENVENENAMENTO E ALGUMAS OUTRAS CONSEQÜÊNCIAS
 DE CAUSAS EXTERNAS


Queimadura e corrosão do trato respiratório
 

Queimadura da laringe e traquéia 

Queimadura da laringe, traquéia com pulmão 

Corrosão da laringe e traquéia 

Corrosão da laringe, traquéia com corrosão de pulmão 

Seqüelas de traumatismo da cabeça
 

Seqüelas de queimaduras, corrosões e geladuras 

Seqüelas de queimadura, corrosão e geladura da cabeça e pescoço 

Seqüelas de queimadura, corrosão e geladura do tronco 

 

CAUSAS EXTERNAS DE MORBIDADE E DE MORTALIDADE

 

Outras causas externas de traumatismos acidentais

 

Exposição ao ruído

Inclui:

ondas:

sonoras

supersônicas
 

Exposição ao ruído

residência
 

Exposição ao ruído

habitação coletiva
 

Exposição ao ruído

escolas, outras instituições e áreas de administração pública
 

Exposição ao ruído

área para a prática de esportes e atletismo
 

Exposição ao ruído

rua e estrada
 

Exposição ao ruído

áreas de comércio e de serviços
 

Exposição ao ruído

áreas industriais e em construção
 

Exposição ao ruído

fazenda

 

Exposição ao ruído

outros locais especificados
 

Exposição ao ruído

local não especificado

Colocação e ajustamento de outros aparelhos
 

Colocação e ajustamento de aparelho auditivo 

Cuidados envolvendo o uso de procedimentos de reabilitação

Reabilitação da linguagem 

 

Z55 - Problemas relacionados com a educação e com a alfabetização
 

Exclui:

transtornos do desenvolvimento psicológico

Analfabetismo e baixa escolaridade 

Escolarização não disponível e impossível 

Reprovação em exames 

Maus resultados escolares 

Má adaptação escolar e dificuldades com professores e colegas 

Outros problemas relacionados com a educação e com a alfabetização

Ensino inadequado
 

Problemas não especificados relacionados com a educação e com a alfabetização 

Exposição ocupacional a fatores de risco 

Exposição ocupacional ao ruído 

Exposição ocupacional à radiação 

Exposição ocupacional a agentes tóxicos na agricultura

Sólidos, líquidos, gases ou vapores
 

Exposição ocupacional a agentes tóxicos em outras indústrias

Sólidos, líquidos, gases ou vapores

 

Exposição ocupacional à vibração 

Exposição ocupacional a outros fatores de risco 

Problemas relacionados com o ambiente físico 

Exposição ao ruído 

Exposição à poluição atmosférica 

Exposição à radiação 

Outros problemas relacionados com o ambiente físico 

Problemas relacionados com meio social  

Problemas relacionados com eventos negativos de vida na infância 

Outros problemas relacionados com a educação da criança 



Fga. MARIZA CELIA TEIXEIRA DE ASSIS PINTO
CRFa: 5644/RJ

Rua do Catete, 214 sala 305 - Bairro Catete - Cep: 22220-001 - Telefax: 3796 2363

21  991317306 ou 98614 8522

Próximo ao metrô da Catete ou Largo do Machado

Designer