O ConsultórioFonoaudiologiaServiçosArtigos

HomeA ProfissionalConvêniosLinks ÚteisContatos
 

 


ATM é a abreviatura, de Articulação Temporomandibular. É ela que permite a abertura e o fechamento da boca, a lateralização e protusão da mandíbula.

Pacientes com Disfunção da ATM apresentam sinais e sintomas temporomandibulares nos músculos mastigatórios e nas articulações, como, dor de cabeça, dor muscular, ruídos nas ATMs, dor na ATM, dor facial, dor de ouvido, desgaste dental, zumbido, dificuldade da mastigação, dificuldade em abrir e fechar a boca (movimentos amplos), travamento mandibular aberto, mudança na postura da cabeça, dor na região cervical, entre outros...

  Os fatores principais são: a má oclusão, relacionamento inadequado entre os dentes, stresse, hábitos parafuncionais e algumas doenças sistêmicas ou hormonais capazes de contribuir ou modificar o seu aparecimento.

Uma das áreas de atuação do Fonoaudiólogo em Motricidade oral é  voltada para os problemas que envolvem a movimentação da mandíbula, pois as alterações desses movimentos prejudicam as funções estomatognáticas, em especial, a mastigação, deglutição e fala.

O enfoque do trabalho com pacientes portadores de distúrbios da ATM englobam disfunções e alterações, tais como: má formação, fraturas de côndilo e anquilose temporomandibular, Segundo Bianchini, o fonoaudiólogo detecta qual é o comportamento funcional que está  interferindo na estabilidade do conjunto e, através  de exercícios e treinos funcionais, o paciente modifica as funções inadequadas, produzindo alívio  e auxiliando a retirada dos maus hábitos. Este  trabalho deve ser realizado associado ao tratamento odontológico.

A fonoaudióloga restabelece as funções, através de exercícios trabalhados com os pacientes, contribuindo para resultados positivos.

 

Texto produzido pelo Departamento de Fonoaudiólogia da Odontóklein

Fonoaudióloga: Maria Olívia Carvalho e equipe


Designer