O ConsultórioFonoaudiologiaServiçosArtigos

HomeA ProfissionalConvêniosLinks ÚteisContatos

     

Retorno

 QUANDO A TERCEIRA IDADE DESCOBRE A FONOAUDIOLOGIA

  Quando os médicos  e  pacientes  descobrem  como  fazer da Fonoaudiologia um grande aliado aos problemas que os afligem a muito, pacientes da terceira idade, buscam estes serviços com indicação de seu médico com mais freqüência. E isto torna-se um grande passo para que, patologias que eram consideradas um afligio para estes pacientes, hoje já não são, pois os resultados obtidos com os trabalhos em fonoaudiologia vem apresentando resultados surpreendentes e cada vez mais, médicos que acompanham estes pacientes confiam e indicam o tratamento.
Como sabemos a Fonoaudiologia é uma ciência muita nova e poucos sabem como e quando utiliza-la. 

Áreas de atuação da  Fonoaudiologia na terceira idade:

Motricidade oral, Voz, Disfagias. ,AVC ( Acidente Vascular cerebral), e outros acidentes neurológicos.

 MOTRICIDADE ORAL

Nesta especialidade, o Fonoaudiólogo, habilita e reabilita funções relacionadas à respiração, sucção, mastigação, deglutição, expressão facial e articulação da fala; propiciando melhores condições de vida e de comunicação ao paciente da terceira idade.

 VOZ
A voz humana passa por uma série de transformações, que vão desde a puberdade até a terceira idade. Com os anos, nosso corpo passa por um processo chamado “envelhecimento”, ou seja, ocorre uma diminuição nas habilidades motoras e sensoriais do corpo. A laringe, órgão responsável pela voz, também sofre algumas modificações, assim como as pregas vocais (cordas vocais), o que trará mudanças aparentes na voz.

ALTERAÇÕES MAIS FREQÜENTES NA VOZ IDOSA:

- Voz trêmula, instável, rouca e fraca;
- Cansaço e falta de ar ao falar;
- Articulação imprecisa, com dificuldade em ser compreendido;
- Nas mulheres, a voz torna-se mais grave, mais “grossa”;
- Nos homens, a voz torna-se mais aguda, mais “fina”.

Nestes casos o trabalho Fonoaudiológico vem apresentando-se como um excelente aliado, se não na “cura” mais com melhoras significativas.

 DISFAGIA é o nome usado para definir um distúrbio da deglutição.Que vem sendo trabalhado com exercícios para fortificar os músculos da deglutição. Sempre com a avaliação prévia do médico acompanhante que com certeza indicará um trabalho , Fonoaudiológico  com terapia paralela.

Outro fator muito importante é a salivação! Podemos ter a sensação de boca seca ou excesso de saliva, acompanhado por tosse, pigarro ou engasgo.Nestas duas situações, podemos encontrar dificuldade durante o sono e durante as refeições. Estes casos também podemos encontrar em pacientes com processos neurológicos.  Uma orientação com um profissional na área específica  e na área de Fonoaudiologia vão trazer e muito uma ajuda substancial para o paciente.

  IMPORTANTE:

Caso perceba alguma alteração em sua alimentação, procure sempre a ajuda de um médico e sobre os benefícios dos trabalhos Fonoaudiológicos. Ele o médico, é o profissional capacitado a avaliar sua saúde e o Fonoaudiólogo a sua forma de mastigar, engolir e suas possíveis alterações.

Fga. MARIZA CELIA TEIXEIRA DE ASSIS PINTO
CRFa: 5644/RJ


Designer